Julho | 2021

No último Sábado, dia 23/03, fizemos a contemplação mensal de 4 mulheres!
Estamos no momento mais caótico da pandemia de COVID-19, gerado pelo descaso de desgovernantes que minimizam as consequências desse vírus avassalador, e não destinam políticas públicas para um combate efetivo da crise sanitária, onde a população negra é a mais atingida com maior número de infectados e mortos, e por todas essas razões optamos por manter todas as atividades do Agbara de forma remota.

Junho | 2021

No último Sábado, dia 23/03, fizemos a contemplação mensal de 4 mulheres!
Estamos no momento mais caótico da pandemia de COVID-19, gerado pelo descaso de desgovernantes que minimizam as consequências desse vírus avassalador, e não destinam políticas públicas para um combate efetivo da crise sanitária, onde a população negra é a mais atingida com maior número de infectados e mortos, e por todas essas razões optamos por manter todas as atividades do Agbara de forma remota.

Maio | 2021

No último Sábado, dia 23/03, fizemos a contemplação mensal de 4 mulheres!
Estamos no momento mais caótico da pandemia de COVID-19, gerado pelo descaso de desgovernantes que minimizam as consequências desse vírus avassalador, e não destinam políticas públicas para um combate efetivo da crise sanitária, onde a população negra é a mais atingida com maior número de infectados e mortos, e por todas essas razões optamos por manter todas as atividades do Agbara de forma remota.

Abril | 2021

No último Sábado, dia 23/03, fizemos a contemplação mensal de 4 mulheres!
Estamos no momento mais caótico da pandemia de COVID-19, gerado pelo descaso de desgovernantes que minimizam as consequências desse vírus avassalador, e não destinam políticas públicas para um combate efetivo da crise sanitária, onde a população negra é a mais atingida com maior número de infectados e mortos, e por todas essas razões optamos por manter todas as atividades do Agbara de forma remota.

Março | 2021

No último Sábado, dia 23/03, fizemos a contemplação mensal de 4 mulheres!
Estamos no momento mais caótico da pandemia de COVID-19, gerado pelo descaso de desgovernantes que minimizam as consequências desse vírus avassalador, e não destinam políticas públicas para um combate efetivo da crise sanitária, onde a população negra é a mais atingida com maior número de infectados e mortos, e por todas essas razões optamos por manter todas as atividades do Agbara de forma remota.

Fevereiro | 2021

No último Sábado, dia 22/02, o Agbara contemplou mais quatro mulheres empreendedoras! Além do valor da contemplação, de seu copo Agbara personalizado, as mulheres receberam também, em parceria coletivo @margemcultural, um chip com internet ilimitada e 100 minutos para falar todo mês, durante 6 meses!